Jornal do Comércio >> Samsung lança aparelho com peças recicladas do Galaxy Note 7

A Samsung anunciou neste domingo que os celulares da linha Galaxy Note 7 que foram recolhidos recentemente pelo recall da companhia serão reciclados e vendidos a partir desta semana na Coreia do Sul.

O celular Galaxy Note FE, que usa peças não utilizadas nos smartphones Note 7, será vendido no país a partir de sexta-feira (7), por cerca de US$ 611, preço cerca de 25% menor que o original.

A empresa disse que o fornecimento será limitado a 400 mil unidades. Os planos de vendas no exterior ainda serão definidos, afirmou a companhia em um comunicado.

Segundo a Samsung, o Note FE tem “segurança perfeita”. O Galaxy Note 7 foi o pior fiasco da história da Samsung. Quando foi lançado em agosto de 2016, a aparelho era considerado como uma resposta da Samsung para o próximo iPhone da Apple. Também foi um dos telefones mais caros já lançados pela empresa coreana, com o preço a partir de US$ 850.

Mas depois que surgiram relatos de superaquecimento em suas baterias, inclusive pegando fogo, a Samsung fez um recall do aparelho menos de um mês após o seu lançamento e fez um novo lançamento com baterias substituídas. Mas o segundo lote mostrou a mesma tendência, o que levou a Samsung a interromper a venda do Note 7.

As autoridades da aviação em todo o mundo proibiram uso do telefone dentro das aeronaves e as fotos de aparelhos queimados circulavam nas mídias sociais. A Samsung gastou bilhões de dólares para realizar o recall e redimir a marca.

No início deste ano, a empresa divulgou os resultados da investigação e culpou falhas no projeto e produção de baterias fornecidas por dois fabricantes.

Assim como toda a linha de celulares Note, o FE, abreviação para “Fan Edition” (Edição dos Fãs), possui tela de 5,7 polegadas em diagonal e vem acompanhado de uma caneta S Pen.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/571433-samsung-lanca-aparelho-com-pecas-recicladas-do-galaxy-note-7.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!