Jornal do Comércio >> Queda do dólar e IBC-Br guiam mercado de juros para baixo

Os juros futuros acompanham o movimento do dólar e acentuam levemente a queda na primeira hora de negociação nesta sexta-feira (14) após dados fracos dos EUA. Além disso, a queda do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) reforçou a perspectiva de que o BC deverá cortar a Selic em um ponto porcentual e contribui para o movimento baixista.

O índice de preços ao consumidor (CPI) ficou estável em junho ante maio, contrariando a previsão de alta de 0,1%. O núcleo do CPI subiu 0,1%, abaixo da previsão de +0,2%. Além disso, as vendas no varejo caíram 0,2% em junho ante maio, enquanto a estimativa era de avanço de 0,1%. Ambos reforçam a ideia de que o Federal Reserve (Fed) pode aumentar os juros mais lentamente do que o mercado projeta.

Internamente, o IBC-Br de maio teve baixa de 0,51% em maio ante abril, com ajuste sazonal, informou hoje a instituição. O diretor da corretora Mirae, Pablo Spyer aponta que com o dado fraco do IBC-Br reforça a chance de o Banco Central cortar os juros em 1 ponto porcentual.

Às 10h28min, o DI para janeiro de 2018 exibia 8,690%, de 8,715% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2019 marcava 8,62%, de 8,65% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2021 a 9,77%, na máxima, de 9,82% no ajuste de ontem.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/573810-queda-do-dolar-e-ibc-br-guiam-mercado-de-juros-para-baixo.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!