Jornal do Comércio >> Ouro fecha em alta em Nova Iorque, com dólar fraco e fracasso do Trumpcare nos EUA

O contrato futuro de ouro fechou em alta nesta terça-feira, impulsionado por um dólar mais fraco e pela crise política em Washington, após o Partido Republicano falhar na revogação e substituição do Obamacare.

Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de ouro para agosto avançou 1,01%, a US$ 1.241,90 por onça-troy. Essa foi a terceira alta seguida dos preços do ouro, que fechou em seu maior valor desde 30 de junho, de acordo com a FactSet.

Na noite de segunda-feira, mais dois senadores republicanos se mostraram contrários à nova versão do projeto dos líderes do partido para revogar e substituir o Obamacare – o que afetou o dólar, que perdeu força na comparação com outras moedas fortes. Os problemas na obtenção de uma reforma no sistema de saúde americano ampliaram as dúvidas sobre a capacidade do governo Donald Trump de obter uma aprovação de uma série de legislações favoráveis a Wall Street, incluindo cortes de impostos e investimentos em infraestrutura.

Um dólar mais fraco tende a apoiar commodities, como o ouro, que são cotadas na moeda americana. Assim, quando o dólar fica mais fraco, os preços do metal acabam mais atraentes para compradores que operam em outras divisas.

“As preocupações sobre se Trump conseguirá cumprir sua agenda de reformas deu vantagem ao ouro, já que os investidores buscaram ativos seguros”, disse Lukman Otunuga, analista de pesquisa da FXTM, em um relatório nesta terça-feira. No entanto, para ele, as perspectivas crescentes de uma política monetária global mais apertada “podem atenuar o fascínio do metal neste trimestre”. 

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/574429-ouro-fecha-em-alta-em-nova-iorque-com-dolar-fraco-e-fracasso-do-trumpcare-nos-eua.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!