Valor >> Investidor embolsa lucros e Ibovespa fecha em queda de 0,34%

SÃO PAULO  –  A pouca disposição em assumir estratégias de longo prazo devido à crise institucional, o recesso parlamentar e o desempenho negativo das bolsas americanas contribuíram para reduzir o volume de negócios na bolsa de valores. Depois de subir 5% na semana passada, os investidores decidiram realizar parte dos lucros acumulados, segundo operadores. O Ibovespa encerrou o pregão com queda de 0,34% aos 65.212 pontos, encerrando uma sequência de cinco altas consecutivas. O movimentou financeiro ficou em R$ 7,6 bilhões, incluindo R$ 3,2 bilhões referentes ao exercício de opções sobre ações.

As maiores altas do dia – Braskem, MRV e Sabesp – foram impulsionadas por recomendações de compras de casas de investimento. Os papéis da Braskem subiram 5,20%, depois que o banco Morgan Stanley elevou de neutra para compra a recomendação para os papéis. O preço-alvo foi aumentado para R$ 46, com a expectativa de que o momento positivo para o ciclo petroquímico se manterá até o ano que vem. Hoje, as ações foram negociadas a R$ 38.

A Sabesp anunciou hoje que captou R$ 500 milhões em debêntures com prazos de três a cinco anos. A ação subiu 2,10% para R$ 34,50 depois que o Citi elevou o preço-alvo para a ação de R$ 24 para R$ 42 e colocou a recomendação para compra. Na sexta-feira, o Citi elevou a recomendação para as ações da MRV, passando de neutra para compra, e revisou para cima o preço-alvo de 12 meses das ações da construtora, de R$ 15,66 para R$ 16,60. Hoje, as ações subiram 2,67% e encerram o pregão cotadas a R$ 14,21.

Entre os papéis ligados ao setor de commodities, as ações da Vale fecharam em alta, seguindo a valorização do preço do minério de ferro no mercado internacional. A tonelada do produto subiu 1,63% para US$ 66,81, em Qingdao, na China. As ações PNA subiram 0,43% e os papéis ordinários ganharam 0,68%.

O desempenho das ações da Petrobras também seguiu o preço do produto no mercado externo. As ações preferenciais tiveram baixa de 1,23% e os papéis ordinários recuaram 1,25%. Os contratos futuros de petróleo WTI caíram 1,1% para US$ 46,02 o barril. A estatal anunciou hoje que a produção do petróleo em junho subiu 0,6% na comparação com maio, para 2,20 milhões de barris por dia. Em relação a junho do ano passado, a produção de petróleo ficou estável.

No setor financeiro, o dia foi de baixa, com destaque para os papéis do Itaú Unibanco, que recuaram 0,96%. Fora do Ibovespa, o destaque ficou com a Odontoprev, que subiu 4,71% depois que a operadora de planos odontológicos conseguiu na Justiça o direito de não recolhimento da contribuição previdenciária incidente sobre as remunerações pagas aos profissionais credenciados da companhia. O valor provisionado é de R$ 300 milhões e que agora poderá ser revertido para o caixa da companhia.

As ações do Magazine Luiza tiveram alta de 4,44% a R$ 330,04, depois que o Bradesco BBI elevou o preço-alvo para as ações da empresa de R$ 290 para R$ 395, mantendo a recomendação de compra. Em relatório, o analista Richard Cathcart afirma que os resultados previstos para a empresa sinalizam um momento forte e indicam uma boa execução da companhia no segundo semestre.

No cenário político, os investidores aguardam para o dia 2 de agosto, a retomada da leitura na Câmara dos Deputados do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) pela rejeição da autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue a denúncia de que o presidente Michel Temer. O presidente é acusado de cometer crime de corrupção passiva ao supostamente negociar propina com a JBS.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5041896/investidor-embolsa-lucros-e-ibovespa-fecha-em-queda-de-034.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!