Jornal do Comércio >> Bolsas de Nova Iorque fecham sem direção única, impactadas por Netflix e Goldman Sachs

Os principais índices acionários de Nova Iorque fecharam sem direção única nesta terça-feira (18), orientados pelos resultados trimestrais de duas empresas: a Netflix e o Goldman Sachs. A primeira fez o S&P 500 e o Nasdaq renovarem as máximas históricas de fechamento, enquanto a última fez pressão sobre o Dow Jones.

No fechamento, Nasdaq subiu 0,47%, para 6.344,31 pontos e S&P 500 avançou 0,06%, para 2.460,61 pontos. Já o Dow Jones caiu 0,25%, aos 21.574,73 pontos.

O balanço financeiro da Netflix, divulgado ontem após o fechamento dos mercados, foi bem recebido pelo mercado ligado a tecnologia, principalmente porque a empresa registrou o melhor 2º trimestre da sua história no quesito novos assinantes. O Nasdaq, principal índice do setor tecnológico, foi impactado como um todo e os papéis da companhia encerraram a terça-feira em alta de 13,54%, com cada ação valendo US$ 183,60.

Hoje mais cedo, o Goldman Sachs divulgou um recuo de 40% na comparação anual em sua receita líquida com renda fixa, câmbio e commodities. Apesar do lucro líquido ter avançado US$ 1,83 bilhão no 2º trimestre, o lado negativo do balanço acabou prevalecendo no mercado financeiro. O setor bancário mundial ficou pressionado e o Goldman Sachs encerrou o dia em queda de 2,60%.

Além dos balanços, o mercado também levou em consideração a derrota do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao tentar aprovar a reforma da saúde no Senado. A liderança do seu próprio Partido Republicano desistiu da iniciativa ao perceber que não teria votos suficientes para aprovar o projeto. Por meio do Twitter, Trump se disse decepcionado com “todos os democratas e alguns republicanos”.

Amanhã, dados das construções de moradias iniciadas nos EUA e o relatório semanal de estoques do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) podem influenciar os investidores.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/574563-bolsas-de-nova-iorque-fecham-sem-direcao-unica-impactadas-por-netflix-e-goldman-sachs.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!