Valor >> Dólar tem maior série de quedas em sete anos

SÃO PAULO  –  O dólar confirmou o nono dia seguido de queda frente ao real, série mais longa desde 2010. A moeda americana terminou em baixa de 0,24%, a R$ 3,1491, nova mínima desde o estouro da crise política, em 17 de maio.

No mês, o real ganha 5,25%, melhor desempenho entre as principais moedas.

O ambiente externo positivo mais uma vez sustentou a força do câmbio hoje, mas o noticiário doméstico também trouxe ventos favoráveis. O mercado reagiu a informações de que o governo anunciará amanhã elevação de impostos. A medida é positiva do ponto de vista fiscal, num momento em que investidores têm ansiado por qualquer indicativo benigno do lado das contas públicas.

A perspectiva de entradas de recursos também tem sido citada como fator a explicar a boa performance do real nas últimas semanas. 

Os ganhos recentes do câmbio, porém, já despertam atitude mais cautelosa. O Goldman Sachs decidiu encerrar uma de suas três principais recomendações de 2017: compra de moedas emergentes com “bom carrego” – entre elas o real. “Embora o ‘carry’ ainda seja generoso em todos os casos, vemos espaço limitado para apreciação adicional do real, do rublo e da rupia”, dizem Marty Young e Michael Cahill em nota.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5045698/dolar-tem-maior-serie-de-quedas-em-sete-anos.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!