Jornal do Comércio >> Dow Jones e S&P 500 encerram em queda com tensão política; Nasdaq renova máxima

As bolsas de Nova Iorque encerraram o pregão desta quinta-feira (20), próximas da estabilidade, em dia de aumento da tensão política em Washington e com balanços no foco dos investidores. Ainda assim, o índice Nasdaq renovou a máxima histórica de fechamento.

O Dow Jones perdeu 28,97 pontos (-0,13%), terminando em 21 611,78 pontos. O S&P 500 cedeu 0,38 ponto (-0,02%), para 2 473,45 pontos. O Nasdaq avançou 4,96 pontos (0,08%), para 6 390,00 pontos.

Em dia de agenda macroeconômica fraca, os investidores na acentuação da crise política envolvendo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A agência de notícias Bloomberg divulgou mais cedo que o ex-diretor do FBI Robert Mueller, que comanda a investigação sobre o envolvimento de assessores de Trump com a Rússia, vai analisar uma ampla gama de transações dos negócios do presidente fora do país.

A possibilidade de ampliação das investigações ocorre na mesma semana em que Trump perdeu mais apoio entre os congressistas republicanos. Há o temor que a crise política atrapalhe a agenda pró-crescimento do presidente, que envolve investimentos em infraestrutura e cortes de impostos.

No noticiário corporativo, o destaque ficou para os balanços trimestrais. O lucro líquido da Visa foi de US$ 2,06 bilhões e da Microsoft foi de US$ 6,51 bilhões. Ambos foram publicados após o fechamento dos mercados.

Na sessão regular, as ações da Visa caíram 0,14% e as da Microsoft subiram 0,49%.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/575082-dow-jones-e-s-p-500-encerram-em-queda-com-tensao-politica-nasdaq-renova-maxima.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!