Jornal do Comércio >> Volume de vendas da Klabin atinge 777 mil toneladas no 2º trimestre

O volume de vendas da Klabin no segundo trimestre de 2017 foi de 777 mil toneladas, um crescimento de 23% na comparação com o mesmo período de 2016. Deste total, 50% ficou no mercado interno, mesmo volume do ano passado.

O crescimento do volume de vendas foi ocasionado pelo crescimento da unidade de celulose, o Puma, em Ortigueira (PR). As vendas de celulose atingiram 337 mil toneladas, sendo 252 mil/t de fibra curta e 85 mil/t de fibra longa e fluff. “É válido destacar que a evolução da Unidade Puma, desde sua parada anual para manutenção realizada no final de março, foi contínua ao longo do trimestre e atualmente encontra-se operando em patamar compatível com sua capacidade nominal”, destacou a Klabin, em informe de resultados.

O Puma foi inaugurado em março de 2016 e, segundo a Klabin, no segundo trimestre de 2017 evoluiu em direção ao fim do processo de ramp up.

Já o volume de vendas de papéis e embalagens somou 440 mil toneladas no primeiro trimestre, uma queda de 2% na comparação com o mesmo período do ano passado. Assim, o volume de vendas da Klabin fica dividido em 43% de celulose, 24% em produtos de conversão, 20% em cartões, 11% em kraftliner e 2% outros.

O custo caixa unitário total da Klabin, que contempla todos os produtos, caiu 4% no segundo trimestre de 2017 ante mesmo período do ano anterior, para R$ 1,791 mil por tonelada. O custo caixa é composto por 34% em gastos com pessoal, 20% em madeira/fibras, 13% químicos, 11% frete, 11% em paradas de fábricas para manutenção, 4% em óleo combustível e 3% em energia elétrica.

Segundo a Klabin, em informe de resultados, a queda de 4% no custo caixa é explicada pelo aumento nas vendas com a nova unidade de celulose. “Vale lembrar que o custo caixa do trimestre também foi afetado sazonalmente pela parada anual programada para manutenção na fábrica de Monte Alegre (PR). Na comparação com o 1T17, período em que houve a parada de manutenção da Unidade Puma, o custo caixa unitário manteve-se estável”, detalhou a empresa.

O custo caixa unitário da produção de celulose, que contempla os custos de produção das fibras curta, longa e fluff e as toneladas produzidas de celulose, foi de R$ 663 por tonelada, uma queda de 9,5% ante o mesmo período do ano passado. De acordo com a Klabin, a maior estabilidade da operação refletiu em melhores índices técnicos de consumo de combustíveis e químicos, e o aumento da produção proporcionou maior diluição de custos fixos, principalmente de pessoal e serviços no período.

As despesas com vendas somaram R$ 152 milhões no segundo trimestre de 2017, um avanço de 19,7% ante igual intervalo de 2016, em função ao aumento do volume vendido na unidade de celulose.

Já as despesas gerais e administrativas foram de R$ 137 milhões, R$ 26 milhões maior ante o primeiro trimestre de 2017 com o dissídio e inflação de benefícios, adequação das estruturas para fazer frente às novas operações de celulose, e ampliação do programa de incentivo de longo prazo.

A dívida líquida da Klabin chegou a R$ 11,748 bilhões ao final do segundo trimestre de 2017, alta de 3% na comparação com o trimestre exatamente anterior e ante o segundo trimestre de 2016.

Assim, a alavancagem, relação entre dívida líquida e Ebitda, ficou em 4,9 vezes em junho de 2017, ante 4,9 vezes em março deste ano e 5,2 vezes no final do segundo trimestre de 2016.

Segundo o informe de resultados, a leve alta de 3% da dívida líquida é explicada pela variação cambial sobre o endividamento em dólar. Por outro lado, a alavancagem caiu com o aumento da geração de caixa.

O prazo médio dos financiamentos da Klabin está em 44 meses, sendo 39 meses em moeda local e 47 em moeda estrangeira. A dívida de curto prazo ao final do trimestre correspondia a 12% do total e o custo médio dos financiamentos em moeda local era de 8,3% ao ano e em moeda estrangeira de variação cambial acrescida de 4,8% a.a.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/07/economia/576159-volume-de-vendas-da-klabin-atinge-777-mil-toneladas-no-2-trimestre.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!