Jornal do Comércio >> Lucro líquido do BTG Pactual no 2º trimestre cai 49,8%, para R$ 503 mi

O lucro líquido do BTG Pactual no segundo trimestre deste ano somou R$ 503 milhões, praticamente a metade do observado no mesmo período do ano passado (R$ 1,003 bilhão). Ante o trimestre imediatamente anterior o recuo foi de 30%. Na primeira metade do ano o lucro líquido chegou em R$ 1,446 bilhão, queda de 39%.

No trimestre, o BTG teve alguns efeitos negativos no desempenho, como a marcação a mercado negativa da Eneva e, ainda, a reversão de comissões recebidas por uma operação de fusão e aquisição (M&A) não aprovada pelo órgão regulador. Apesar de não citar, trata-se da compra da Estácio pela Kroton.

No critério ajustado, o lucro líquido somou R$ 603 milhões, recuo de 39,8% ante o mesmo intervalo de 2016. Na comparação com os três primeiros meses do ano, a retração foi de 28%.

O retorno sobre o patrimônio líquido anualizado (ROAE) caiu a 13,3% no segundo trimestre deste ano, ante 19,4% ante o segundo trimestre do ano passado e de 18,7% ante o trimestre imediatamente anterior.

O índice de Basileia ficou em 19% no segundo trimestre deste ano, ante 14,2% há um ano e de 19,5% nos primeiros três meses de 2017. Os ativos totais do BTG ao final de junho somavam R$ 119,1 bilhões, recuo de 41,4% na relação anual e queda de 5%, na trimestral.

“A rápida mudança na dinâmica do mercado, após a turbulência política no Brasil, impactou nossos resultados e contribuiu para um pior desempenho das áreas de Sales & Trading (tesouraria) e Investment Banking (banco de investimento). Apesar desse movimento, mantivemos a trajetória de crescimento em nossas franquias de gestão de recursos e ótimo desempenho em crédito”, afirma Roberto Sallouti, presidente do BTG Pactual, em nota enviada à imprensa.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/577194-lucro-liquido-do-btg-pactual-no-2-trimestre-cai-49-8–para-r-503-mi.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!