Jornal do Comércio >> Cobre opera em baixa, com correção após alta forte da semana passada

Os contratos futuros de cobre continuam a recuar nesta quinta-feira (3), em um movimento de realização de lucros e correção nos preços, após os fortes ganhos da semana anterior.

Por volta das 7h40min (de Brasília), o cobre para três meses caía 0,46%, a US$ 6.327 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 8h03min, o cobre para setembro tinha baixa de 0,66%, a US$ 2,8655 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), às 8h13min.

Na semana passada, a proposta do governo da China para reduzir importações de cobre e a melhora na projeção de crescimento para a potência asiática, feita pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), levaram o cobre a máximas em dois anos. Nas últimas sessões, porém, alguns investidores têm reavaliado o quadro e realizaram lucros, segundo Carsten Menke, analista de commodities do Julius Baer.

“Eu tenho a impressão de que, depois da reação otimista, as pessoas têm dito que o impacto desses cortes não é substancial, especialmente já que isso nem mesmo começará até 2019”, disse Menke. “Diante da falta de influência dos fundamentos na mudança dos preços, mesmo analistas otimistas sobre o cobre dizem que os preços podem estar muito altos”, comentou.

Diretor-gerente da equipe de ações do Bank of Montreal Capital Markets, Daniel Breeze afirmou que os investidores devem esperar uma queda nos preços. Breeze diz que ele e muitos outros têm uma visão positiva sobre a trajetória do cobre no mais longo prazo, mas avalia que o preço pode estar um pouco excessivamente valorizado, no nível atual.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco subia 0,43%, a US$ 2.818 a tonelada, o alumínio caía 0,23%, a US$ 1.921,50 a tonelada, o estanho tinha alta de 0,17%, a US$ 20.615 a ton, o níquel recuava 0,43%, a US$ 10.300 a tonelada, e o chumbo avançava 0,34%, a US$ 2.368 a tonelada.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/577485-cobre-opera-em-baixa-com-correcao-apos-alta-forte-da-semana-passada.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!