Jornal do Comércio >> Julho registra alta em percentual de famílias gaúchas, que chega a 72,9%

O endividamento das famílias no Rio Grande do Sul registrou aumento no mês de julho, segundo resultado da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) elaborada pela Fecomércio-RS e divulgada nesta quinta-feira (3). Segundo o levantamento, o endividamento permaneceu alto pela necessidade de consumo em um cenário de restrição de renda. O indicador fechou em 72,9%, contra 60,4% observados no mesmo período do ano passado. Também ocorreu avanço sobre junho/2017 (70.6%). 

O presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, avalia que a conjuntura atual com restrições no mercado de trabalho e sem grande recuperação de renda acabam contribuindo para a elevação do endividamento. “Por conta desta conjuntura e da manutenção do nível de consumo, este aumento não se reflete em um crescimento na aquisição de bens e serviços”, pontua Bohn.

O levantamento indica que a parcela da renda comprometida com dívidas em julho, na média em 12 meses, permaneceu em 33,1%. Já o tempo de comprometimento da dívida no período de 12 meses praticamente não se alterou, ficando em 7,9 meses. O cartão de crédito ainda é o principal meio de dívida dos gaúchos, segundo 84,8% dos entrevistados, seguido por carnês (25,7%), financiamento de veículos (21,8%) e crédito pessoal (15,3%).

Embora o cenário econômico se mostre restritivo, especialmente em relação ao emprego, o recuo na taxa básica de juros e da inflação, pode ter contribuído para a redução da inadimplência na margem. No entanto, o percentual de pessoas com dívidas em atraso em julho (31,0%) se mostrou acima do registrado no mesmo período do ano passado (17,3%).

A pesquisa revela ainda que o índice de gaúchos sem condições de honrar suas dívidas vencidas nos próximos 30 dias saiu de 6,5% em julho do ano passado para 11,9% em julho desta ano. 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/08/jornal-do-comercio-julho-registra-alta-em-percentual-de-familias-gauchas-que-chega-a-729.br_conteudo/2017/08/economia/577600-julho-registra-alta-de-percentual-de-familias-gauchas-que-chega-a-72-9.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!