Jornal do Comércio >> Após correção da quinta-feira, Bovespa tem alta moderada

O Índice Bovespa abriu a sexta-feira (4), em alta, depois da correção para baixo na quinta-feira, nos preços que subiam há cinco fechamentos. A valorização, entretanto, é moderada e limitada pela volatilidade nos preços do petróleo e pelo efeito indireto do fortalecimento do dólar ante moedas desenvolvidas e algumas emergentes, como o real.

Depois de alternar altas e baixas antes e depois do “payroll” (o dado de emprego norte-americano), o dólar voltou a subir ante o real, acompanhando o fortalecimento do dólar no exterior. Os EUA criaram 209 mil vagas em julho, acima da previsão de 180 mil, e o salário médio por hora cresceu 0,34% em julho, um pouco acima da previsão de alta de 0,3%.

O relatório que mostrou o mercado de trabalho mais forte que o previsto provocou um aumento nas chances de o Federal Reserve (o banco central dos EUA) voltar a elevar juros na reunião de dezembro. Segundo contratos futuros do CME Group, as apostas subiram para 50,4% logo após a divulgação do indicador, de 40,2% antes do dado.

Às 10h24min, o Ibovespa subia 0,21% aos 66.917,94 pontos. Na máxima, batera 67.104 pontos (alta de 0,21%). Todas as blue chips sobem, com exceção da Unit do Santander (-0,19%). Os contratos futuros do petróleo sobem em torno de 0,05% em NY e em Londres. O dólar à vista subia 0,19%, aos R$ 3,1192, enquanto o dólar futuro para setembro avançava 0,16% aos R$ 3,1350. O Dollar Index (DXY) avançava 0,31% aos 93,112 pontos.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/577781-apos-correcao-da-quinta-feira-bovespa-tem-alta-moderada.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!