Valor >> Lucro do banco Votorantim avança 34% no 2º trimestre

SÃO PAULO  –  O Banco Votorantim teve lucro líquido de R$ 145 milhões no segundo trimestre deste ano, 34,3% acima do obtido no mesmo período de 2016.

A margem financeira bruta recuou 10,8%, para R$ 1,077 bilhão. Porém, a queda nas despesas com provisões para devedores duvidosos (PDD) e nas despesas administrativas e de pessoal e um aumento na receita de prestação de serviços ajudaram a melhorar o resultado final.

As despesas com PDD baixaram 15,8% em relação ao segundo trimestre do ano passado, para R$ 385 milhões. Segundo o Votorantim, houve melhora tanto no varejo quanto no atacado.

A receita de prestação de serviços, por sua vez, aumentou de R$ 263 milhões no segundo trimestre do ano passado para R$ 326 milhões no mesmo período do exercício atual. A melhora no desempenho reflete o incremento de receitas relacionadas ao financiamento de veículos e o crescimento da carteira de cartões.

As despesas administrativas e de pessoal somaram R$ 612 milhões entre abril e junho, o que representa queda de 5,3% ante o mesmo período do ano passado. Menores gastos com despesas trabalhistas, aluguéis e serviços especializados contribuíram para a melhora, de acordo com o banco.

O Votorantim encerrou a primeira metade do ano com R$ 57,305 bilhões em sua carteira de crédito ampliada, o que representa um recuo de 4,5% no trimestre e de 3,7% em 12 meses.

O desempenho foi puxado para baixo pelo segmento de atacado, carteira cujo saldo somava R$ 12,697 bilhões no fim de junho. O número encolheu 1,8% na comparação com março e 7,6% em relação a junho do ano passado. No segmento de pessoa física, o estoque de operações aumentou 0,4% no trimestre e 3% em um ano, para R$ 34,131 bilhões. Financiamento de veículos, crédito e cartões contribuíram para a alta.

A inadimplência apresentou um leve recuo, chegando a 4,4% no fim de junho. No mesmo mês do ano passado, a taxa de calotes estava em 4,6% e, em março deste ano, em 4,5%.

O Banco Votorantim encerrou o segundo trimestre com índice de Basileia — medida de capital de instituições financeiras — de 13,5%, sendo 10,5% de capital principal, considerado de melhor qualidade.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROAE, na sigla em inglês) foi de 7,1% no segundo trimestre, o que representa uma alta de 1,7 ponto percentual na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Banco Votorantim, cujo controle é dividido entre o Banco do Brasil e o grupo Votorantim, promoveu um reposicionamento nos últimos meses. A instituição diversificou sua atuação no varejo e reduziu o banco de investimentos.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5074874/lucro-do-banco-votorantim-avanca-34-no-2-trimestre.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!