Jornal do Comércio >> Ibovespa sobe 0,10% com cenário externo tranquilo e expectativa por meta

A manutenção do cenário mais ameno no mercado internacional favoreceu um novo pregão de alta do Índice Bovespa – a terceira consecutiva -, com os investidores minimizando as incertezas do cenário doméstico. A terça-feira (15), foi mais um dia de expectativa em torno da revisão das metas fiscais de 2017 e 2018, cujo anúncio sofreu alterações até os minutos finais de negociação. Depois de ter subido até 0,82% nos melhores momentos do dia, o Ibovespa, perdeu fôlego no período da tarde e terminou a sessão com alta de 0,10%, aos 68.355,12 pontos. O volume de negócios com ações na B3 somou R$ 7,6 bilhões.

Durante todo o dia, a alta do índice foi orientada pelas ações de bancos e da Petrobras, enquanto os papéis da Vale recuaram. A perda de fôlego no final do pregão foi atribuída à ação de investidores do “day trade”, que teriam realizado lucros obtidos no curto prazo, já que o Ibovespa acumula ganhos significativos no mês (+3,69%) e no ano (+13,50%). Operadores também relataram alguma influência do vencimento das opções e futuro sobre o Ibovespa, amanhã, como fator de instabilidade.

Os papéis do setor financeiro foram os que mais desaceleraram. Banco do Brasil ON terminou o dia em baixa de 0,48%, enquanto Itaú Unibanco PN avançou 0,28%. Petrobras ON e PN terminaram o dia com ganhos de 0,15% e 0,54%, respectivamente. Vale ON caiu 0,58%.

“Há um componente internacional no desempenho positivo na bolsa, que é a redução da tensão geopolítica envolvendo Estados Unidos e Coreia do Norte. Olhando para dentro, vemos alguns pontos positivos, como a alta acima do esperado das vendas no varejo em junho”, disse Herzs Ferman, economista da Elite Corretora.

As vendas do comércio varejista subiram 1,2% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio no teto do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo

Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 0,5% a alta de 1,20%, com mediana positiva de 0,4%.

“Os números do varejo não foram brilhantes, mas ficaram melhores do que o esperado e reforça a percepção de que este é um ano que está mostrando recuperação”, disse Ferman.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/579820-ibovespa-sobe-0-10-com-cenario-externo-tranquilo-e-expectativa-por-meta.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!