Jornal do Comércio >> Arrozeiros abrem novo diálogo para exportar ao mercado africano

Mais uma vez a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) tratou com dirigentes africanos a questão de intercâmbio e exportações para o arroz brasileiro ao continente. Em reunião realizada ontem, o vice-presidente da entidade, Alexandre Velho, esteve reunido com representantes do Banco Africano de Desenvolvimento, em uma agenda a convite da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e da Campo Projetos Agrícolas, realizada em São Paulo (SP).

Conforme o dirigente, o banco africano apresentou um projeto de desenvolvimento para garantias de segurança alimentar que está sendo projetado para oito países do continente: Gana, Zâmbia, Quênia, Congo, Guiné, Uganda, Moçambique e Botsuana. “No primeiro momento já existe um projeto piloto em Gana com uma área de 100 mil hectares. Este banco tem interesse em sementes e tecnologias brasileiras para a área do arroz”, destaca.

Na ocasião, Velho aproveitou a oportunidade para solicitar garantias para a exportação brasileira de arroz a estes países africanos. Afirmou que a informação é que cerca de 40% do arroz importado no mundo é enviado para a África. A expectativa é que nos próximos anos se chegue a 20 milhões de toneladas do grão sendo desembarcado no continente. “Pudemos constatar que este projeto em aumentar a produção de arroz vai demorar muito tempo para se viabilizar e atender a demanda crescente da população africana, que deve chegar a um bilhão de pessoas nos próximos anos. Enquanto a África ainda não implementa esta ideia, queremos fornecer arroz para eles”, ressalta.

A Federarroz, juntamente com o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), já vem, nos últimos dois anos, trabalhando em uma abertura maior do mercado africano para o arroz brasileiro. Agendas e missões com representantes de países como Gana e Nigéria foram realizadas com o objetivo de consolidar este mercado para os produtores brasileiros.

 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/08/jornal-do-comercio-arrozeiros-abrem-novo-dialogo-para-exportar-ao-mercado-africano.br_conteudo/2017/08/economia/579810-arrozeiros-abrem-novo-dialogo-para-exportar-ao-mercado-africano.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!