Jornal do Comércio >> Cobre e outros metais básicos sobem com limites a refino na China

Os futuros de cobre operam em alta significativa nesta manhã (16), em linha com outros metais básicos, favorecidos por restrições impostas a refinarias chinesas.

Por volta das 7h20min (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 1,46%, a US$ 6.456,00 por tonelada.

Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York (Nymex), o cobre para entrega em setembro avançava 1,47%, a US$ 2,9255 por libra-peso, às 7h52min (de Brasília).

Segundo o estrategista de commodities do Saxo Bank, Ole Hansen, os cortes que a China tem feito a sua capacidade de refino, como parte de uma estratégia para reduzir a poluição, estão impulsionando os preços dos metais.

O rali nos preços do aço iniciado há cerca de um mês na China também influencia os metais básicos, comentou Hansen. O zinco, que é usado para a galvanização do aço, atingiu hoje o maior valor em uma década na LME.

A China Hongqiao, maior produtora mundial de alumínio, confirmou no começo da semana que eliminou 2,68 milhões de toneladas em capacidade, equivalente a 4,5% do resultado global do ano passado.

“A capacidade fechada será substituída por outras capacidades, e a empresa alega que a produção não foi afetada”, disse a Commerzbank em nota a clientes. No entanto, “a notícia parece ser considerada como um bom motivo para comprar”, acrescentou o banco alemão.

Entre outros metais na LME, o zinco saltava 2,2%, a US$ 3.021,00 por tonelada; o alumínio subia 0,9%, a US$ 2.067,00 por tonelada; o estanho avançava 0,55%, a US$ 20.060,00 por tonelada; o níquel tinha alta de 2,37%, a US$ 10.575,00 por tonelada; e o chumbo aumentava 1,81%, a US$ 2.420,50 por tonelada.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/579918-cobre-e-outros-metais-basicos-sobem-com-limites-a-refino-na-china.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!