Jornal do Comércio >> S&P espera que proporção dívida/PIB do Brasil chegue a 72% em 2020

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) estima que a proporção entre a dívida e o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil chegue a 72% em 2020. A estimativa foi publicada nesta terça-feira, 15, em texto da agência que acompanhou a retirada da nota BB do País da observação para possível rebaixamento.

A agência afirmou ainda que espera que o ciclo de queda dos juros do Brasil continue ao longo de 2017 e disse que notou que a inflação tem declinado significativamente.

A empresa de classificação de risco espera que as exportações líquidas deem suporte ao crescimento neste e no próximo ano. A expansão real do PIB deve ser de 0,5% em 2017.

A S&P aguarda ainda que em 2017 o déficit geral do governo seja de 8,8% do Produto Interno Bruto (PIB) e decline para 5,8% em 2020. De acordo com a agência, isso é consistente com a redução devagar do déficit primário federal, que deve ser em média de 1,7% no período de 2017 a 2020.

A agência diz ainda que as contas externas brasileiras continuam em ajuste, com o déficit em conta corrente de 1,1% do PIB este ano, de 1,3% em 2016.

A S&P divulgou ainda a avaliação de que acredita que o governo mantém a confiança na reforma da Previdência, apesar dos desafios políticos.

“O governo parece empenhado em fazer avançar a reforma da Previdência, em conter o crescimento das despesas e em avançar a ativa agenda de reformas microeconômicas”.

Na opinião da agência, porém, a passagem de “alguma reforma” da Previdência não pode esperar até depois das eleições de 2018. “Serão necessárias ainda medidas politicamente difíceis adicionais no Congresso para diminuir a rigidez orçamentária em 2019, já no âmbito do próximo governo”, afirmou.

A empresa disse ainda que, dada a magnitude de desafios econômicos, a incapacidade do Congresso de avançar a reforma da Previdência reflete “a capacidade mais limitada da classe política do Brasil em promover a prosperidade econômica e as medidas fiscais sustentáveis”.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/579911-s-p-espera-que-proporcao-divida-pib-do-brasil-chegue-a-72-em-2020.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!