Jornal do Comércio >> Vendas do varejo no País avançam mais uma vez

Consumo


Notícia da edição impressa de 16/08/2017.
Alterada em 15/08 às 20h55min

Vendas do varejo no País avançam mais uma vez

Setores de vestuário e de calçados tiveram destaque no período

/MARCELO G. RIBEIRO/JC

O volume de vendas no comércio varejista brasileiro cresceu 1,2% na passagem de maio para junho. Já a receita nominal teve expansão de 0,8%. Nos dois indicadores, o setor apresentou a terceira alta consecutiva neste tipo de comparação temporal. Os dados da Pesquisa Mensal do Comércio foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com junho de 2016, as vendas tiveram alta de 3% no volume e 2,4% na receita. No acumulado do ano, apesar de registrar queda de 0,1% no volume, houve alta de 1,9% na receita. No acumulado de 12 meses, o mesmo comportamento, queda de 3% no volume e alta de 3,2% na receita.

Na passagem de maio para junho, seis das oito atividades do comércio varejista tiveram alta no volume de vendas, com destaque para os setores de tecidos, vestuário e calçados (5,4%) e de livros, jornais, revistas e papelaria (4,5%).

Também anotaram alta os setores de combustíveis e lubrificantes (1,2%), móveis e eletrodomésticos (2,2%), artigos farmacêuticos, médicos e de perfumaria (1,5%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,7%).

Por outro lado, duas atividades tiveram queda no volume: equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-2,6%) e supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,4%).

No chamado varejo ampliado, que considera oito atividades varejistas, além de veículos e peças e materiais de construção, o volume de vendas teve alta de 2,5% em junho, depois de uma queda de 0,2% em maio. Os veículos, motos e peças registraram alta de 3,8%, enquanto os materiais de construção cresceram 1%.

Na comparação com junho de 2016, o varejo ampliado teve alta de 4,4%. No acumulado do ano, a alta é de 0,3%. Já no acumulado de 12 meses, o volume de vendas acumula queda de 4,1%.

 

Via Varejo reforça estrutura tecnológica em 30%

A expectativa de um aumento de visitas ao site e de compras pela internet durante a Black Friday fez a Via Varejo, rede dona das Casas Bahia e do Pontofrio, elevar em 30% a capacidade de sua infraestrutura tecnológica neste ano. O diretor de TI da empresa, Julio Duram, afirma que o investimento foi feito para suportar a esperada concentração de clientes a partir da madrugada da quinta-feira que antecede o principal evento promocional do e-commerce, no dia 24 de novembro.

A Via Varejo iniciou, neste ano, um processo de integração de suas lojas físicas com a internet. Uma das apostas da companhia tem sido a modalidade em que o cliente retira o produto comprado on-line em uma loja física. “A retirada em loja tende a continuar crescendo na Black Friday e o desafio da data é o volume”, diz Duram. “Temos que estar preparados para suportar esse tráfego maior de clientes tanto no site como nas lojas.”

Gramado se prepara para feira Zero Grau em novembro

As principais marcas brasileiras de calçados e acessórios e os maiores lojistas do País estarão presentes na próxima edição da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios, que acontece de 20 a 22 de novembro em Gramado, na serra gaúcha. Realizada pela Merkator Feiras e Eventos, a Zero Grau será a responsável por apresentar as coleções outono-inverno do próximo ano.

A comercialização dos espaços está adiantada, e grandes indústrias nacionais já confirmaram presença. Empresas que são responsáveis pelas principais marcas femininas que ocupam as vitrines do País, como Beira Rio, Ramarim, Via Marte, Bottero, Bebecê, Usaflex, Grendene e Piccadilly já garantiram presença na feira. Entre as marcas masculinas, nomes como Kildare, West Coast, Ferracini, Ferricelli, Jotape, Democrata, Free Way, e Rafarillo estarão nos pavilhões do Serra Park. O mix de produtos ainda reúne grandes grifes infantis, como Kidy, Klin, Bibi e Ortopé, e esportivas, como Diadora, Dass, Dilly, Mormaii, Skechers, Fila e Umbro, além de diversas marcas especializadas na produção de acessórios.

Todos os grandes polos produtores brasileiros estarão representados na feira, com indústrias de estados como Rio Grande do Sul, São Paulo, Bahia, Ceará, Minas Gerais e Santa Catarina. “Estamos vindo de uma experiência muito positiva com o SICC, com estandes lotados de lojistas e expositores satisfeitos, felizes e com resultados positivos em vendas. Todos os elementos que foram a base desse sucesso estarão na Zero Grau, e justamente por isso nossas expectativas para esta edição são bastante animadoras”, explica o diretor da Merkator, Frederico Pletsch.


Seja o primeiro a comentar esta notícia

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/579858-vendas-do-varejo-no-pais-avancam-mais-uma-vez.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!