Valor >> Atividade de fusão e aquisição recua no 1º semestre, segundo Anbima

SÃO PAULO  –  A atividade de fusão e aquisição de empresas recuou no primeiro semestre deste ano na comparação com igual período de 2016, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Em volume financeiro, a queda foi de 46,8%, para R$ 32,7 bilhões. Em quantidade, a retração ficou em 25,5%, para 44 transações.

O maior número de operações se deu na faixa de negócios entre R$ 20 milhões e R$ 99 milhões, que representaram 43,2% do total. É o maior patamar atingido pelo menos desde 2012.

Em relação ao tipo de comprador, a Anbima mostra que a maior movimentação ocorreu entre empresas brasileiras, cujos negócios somaram R$ 12,5 bilhões. A cifra considera, porém, a reestruturação societária da Valepar, que somou R$ 7,36 bilhões.

As aquisições entre companhias estrangeiras atingiram R$ 8,5 bilhões. Depois, ficaram as empresas estrangeiras comprando ativos brasileiros, com R$ 8,3 bilhões, e as locais comprando internacionais, com R$ 3,4 bilhões.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5082246/atividade-de-fusao-e-aquisicao-recua-no-1-semestre-segundo-anbima.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!