Valor >> Principais riscos à retomada são ritmo de ajustes e reformas, diz Ilan

SÃO PAULO  –  O presidente do Banco Central Ilan Goldfajn, disse na noite desta terça-feira que os principais riscos a estabilização e retomada da economia brasileira são as incertezas quanto à velocidade dos ajustes e reformas na economia, sobretudo a fiscal e a do crédito.

As informações constam de apontamentos divulgados pelo Banco Central após Ilan participar de evento do site “Poder360 – Ideias”, realizado em Brasília.

Segundo Ilan, os dados mais recentes confirmam o cenário de estabilização e mostram perspectivas de retomada gradual da atividade, confirmados pelos indicadores de crescimento, emprego e produção industrial.

Para o presidente do BC, a perda de confiança a partir da crise política gerada pela gravação de conversa entre o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista teve impacto limitado até o momento, o que está compatível com o cenário básico do Banco Central.

O cenário internacional benigno também foi citado por Ilan para justificar o ambiente mais sereno nos mercados de ativos brasileiros.

Com esse quadro, a desinflação ganhou tração a partir de meados de 2016 até atingir o patamar atual, com expectativas de inflação em torno de 3,5% para 2017 e 4,2% para 2018, segundo os dados citados por Ilan. Mesmo com o aumento das alíquotas de PIS e Cofins sobre os combustíveis, introduzido em julho, o IPCA, índice que baliza a meta de inflação oficial, será impacto em julho e, majoritariamente em agosto, em torno de 0,45 ponto percentual, de acordo com as projeções do BC.

A conclusão de Ilan a respeito dos preços é o de que o trabalho realizado pela autoridade monetária tem sido efetivo em conter a inflação e ancorar as expectativas.

Segundo Ilan, os esforços de retomada passam pela continuidade dos esforços para reduzir a taxa de juros estrutural da economia brasileira, a ser conquistada com a continuidade do atual ciclo de flexibilização monetária.

Para alcançar esse objetivo, no entanto, Ilan reafirma a necessidade de se aprovar as reformas em curso pela equipe econômica em conjunto com o Congresso Nacional.

Leia aqui a íntegra dos apontamentos.

15/08/2017 21:41:41

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5081540/principais-riscos-retomada-sao-ritmo-de-ajustes-e-reformas-diz-ilan.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!