Jornal do Comércio >> Volume de serviços prestados sobe 1,3% em junho ante maio, aponta IBGE

O setor de serviços apresentou em junho crescimento de 1,3% no volume de serviços prestados frente a maio na série com ajuste sazonal, informou nesta quarta-feira (16) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na série sem ajuste sazonal, no confronto com junho de 2016, o setor apontou queda de 3,0%, após ter registrado quedas de 1,9% em maio e de 5,7% em abril. Com esses resultados, a taxa acumulada no ano ficou em -4,1% e, em 12 meses, -4,7%.

O segmento de serviços prestados às famílias registrou um avanço de 1,0% na passagem de maio para junho. Os demais resultados positivos foram registrados no setor de Outros Serviços, com crescimento de 0,7%; Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio, com avanço de 1,0%; e Serviços profissionais, administrativos e complementares, com alta de 0,8%.

Na direção oposta, houve perda em Serviços de informação e comunicação, com queda de 0,2%. O agregado especial das Atividades turísticas apresentou elevação de 5,3% em junho ante maio, segundo o IBGE.

Alta no segundo trimestre interrompe sequência de 9 trimestres de quedas

O volume prestado de serviços aumentou 0,3% no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre do ano, interrompendo uma sequência de nove trimestres seguidos de resultados negativos. Os dados da Pesquisa Mensal de Serviços foram divulgados nesta quarta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A melhora foi puxada pelos avanços observados nos Serviços profissionais, administrativos e complementares (1,4% no trimestre) e nos Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (0,7%). Houve recuos nos segmentos de Outros serviços (-3,6%), Serviços de informação e comunicação (-1,6%) e Serviços prestados às famílias (-0,9%).

O agregado especial das Atividades turísticas apresentou queda de 1,1% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre do ano.

Na comparação com o segundo trimestre de 2016, o volume de serviços prestados teve retração de 3,6% no mesmo período de 2017. Apesar do desempenho negativo, a queda foi a menos acentuada desde o terceiro trimestre de 2015.

Houve crescimentos nos Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (1,6%) e nos Serviços prestados às famílias (0,7%). Na direção oposta, encolheram os segmentos de Outros serviços (-10,6%), Serviços profissionais, administrativos e complementares (-7,8%) e Serviços de informação e comunicação (-2,8%). As Atividades turísticas recuaram 5,4%.

Com informações da Agência Estado

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/579925-volume-de-servicos-prestados-sobe-1-3-em-junho-ante-maio-aponta-ibge.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!