Jornal do Comércio >> Cobre avança com compras especulativas e dólar fraco

Os futuros de cobre operam em leve alta em Londres e Nova Iorque, em meio a um movimento especulativo e a fraqueza do dólar.

Por volta das 7h30min (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 0,35%, a US$ 6.495,00 por tonelada.

Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York (Nymex), o cobre com entrega em setembro tinha alta de 0,05%, a US$ 2,9395 por libra-peso, às 8h22min (de Brasília).

Segundo a Marex Spectron, as cotações do cobre são sustentadas por compras especulativas.

Além disso, o índice DXY do dólar se enfraquece nos negócios da manhã, tornando o cobre mais atraente para investidores que utilizam outras moedas.

Entre outros metais na LME, a tendência também era positiva: o zinco avançava 2,18% no horário indicado acima, a US$ 3.117,50 por tonelada; o alumínio subia 0,77%, a US$ 2.082,50 por tonelada; o estanho aumentava 0,40%, a US$ 20.280,00 por tonelada; o níquel exibia alta de 1,31%, a US$ 10.815,00 por tonelada; e o chumbo tinha ganho de 0,77%, a US$ 2.426,50 por tonelada.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/580457-cobre-avanca-com-compras-especulativas-e-dolar-fraco.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!