Jornal do Comércio >> Ouro fecha em leve queda, após saída de estrategista-chefe do governo Trump

O contrato futuro de ouro fechou em leve queda nesta sexta-feira (18), em movimento puxado pelas notícias da saída de Steve Bannon, estrategista-chefe do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após mais cedo o metal ter atingido o maior nível desde as eleições do republicano.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro caiu 0,06%, aos US$ 1.291,60 por onça-troy.

Bannon representa a ala protecionista do governo Trump e é considerado um dos opositores de Gary Cohn, diretor do Conselho Econômico Nacional que lidera as reformas econômicas prometidas pelo governo.

Além disso, Bannon é conhecido como um dos porta-vozes do nacionalismo no governo Trump, incitador do movimento chamado de “extrema-direita alternativa”.

Nos últimos dias, houve uma debandada de executivos que faziam parte de Conselhos consultivos da Casa Branca, em movimento impulsionado pela demora de Trump em condenar os protestos de supremacistas brancos em Charlottesville, Virgínia, no último final de semana.

Alguns investidores e analistas apontaram que as notícias foram vistas como positivas para o prosseguimento da agenda econômica de Trump, visto a posição protecionista de Bannon. As incertezas políticas nos EUA vinham apoiando os preços do ouro durante a semana, o que o manteve perto de níveis altos.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/580535-ouro-fecha-em-leve-queda-apos-saida-de-estrategista-chefe-do-governo-trump.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!