Jornal do Comércio >> RGE e RGE Sul querem atingir meta de 80 mil postes substituídos neste ano

As distribuidoras de energia RGE e a RGE Sul projetam fechar 2017 com a marca de R$ 700 milhões investidos em obras, o que deve melhorar os serviços oferecidos em 373 municípios gaúchos. As empresas,  do Grupo CPFL Energia no Rio Grande do Sul, devem investir principalmente em obras em subestações e no fortalecimento das redes de distribuição dos municípios por meio da troca de postes de madeira por postes de concreto ou de fibra. 

Entre janeiro e junho de 2017, a RGE e RGE Sul substituíram e instalaram 43 mil novos postes de concreto e têm como meta chegar a marca de 80 mil até o final do ano. O valor investido nesse projeto ultrapassou R$ 43 milhões. Nos seis primeiros meses deste ano, elas aplicaram R$ 349,1 milhões em projetos de expansão, manutenção e modernização do sistema de distribuição de energia elétrica. 

“Nossas metas são desafiadoras, mas executando os investimentos previstos no Planejamento Estratégico aprovado pelo Grupo CPFL para a RGE e para a RGE Sul, temos certeza que estamos melhorando as condições de atendimento aos nossos clientes”, comemora José Carlos Saciloto Tadiello, presidente das duas concessionárias.

O montante aplicado em 2017 é 38% superior ao investido pelas empresas entre janeiro e junho de 2016 e tem impacto direto na qualidade do fornecimento de energia aos 2,7 milhões de clientes das suas áreas de concessão.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/581839-rge-e-rge-sul-querem-atingir-meta-de-80-mil-postes-substituidos-neste-ano.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!