Jornal do Comércio >> Cautela externa coloca viés de alta nas taxas futuras de juros

Os juros futuros exibem viés de alta na manhã desta terça-feira (29) em linha com o dólar e influenciados pela cautela no exterior com a Coreia do Norte, apesar de o pano de fundo doméstico ser positivo, diante de percepção de que haverá avanço na pauta do governo no Congresso e com o cenário benigno de inflação. Os agentes estão na expectativa pelo andamento de pautas econômicas importantes nesta terça-feira, como a votação no plenário da Câmara dos destaques da Medida Provisória 777, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP).

Também está no radar a elevação das metas fiscais de 2017 a 2020, já que o governo acertou com parlamentares da Comissão Mista de Orçamento (CMO) a votação do projeto de lei para a tarde desta terça.

Pouco antes do fechamento deste texto, o DI para janeiro de 2019 exibia 7,82%, de 7,83% do ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2020 estava em 8,68%, na máxima, de 8,66% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2021 exibia 9,32%, de 9,30% no ajuste de segunda.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/582393-cautela-externa-coloca-vies-de-alta-nas-taxas-futuras-de-juros.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!