Jornal do Comércio >> Cautela na semana leva dólar a fechar em alta de 0,30%

Em dia de agenda fraca de indicadores e de eventos, o dólar operou praticamente próximo à estabilidade, em uma sessão de giro financeiro mais ameno no mercado futuro. Ainda assim, o viés de alta prevaleceu, e a moeda fechou em leve alta em meio à cautela do investidor com votações importantes nesta semana, entre elas, a do texto que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) e o projeto que altera as metas fiscais de 2017 a 2020.

“O dólar operou praticamente estável à espera da votação dos destaques da TLP e a eventual apreciação pelo Senado. O mercado vê esse nível (R$ 3,15/R$ 3,16) como confortável no curto prazo”, explicou o operador da corretora Multimoney, Cleber Alessie Machado Neto. No mercado à vista, o dólar terminou em alta de 0,30%, aos R$ 3,164.

O Índice Bovespa chegou a ensaiar um retorno ao terreno positivo neste início de semana, mas teve o fôlego limitado pela queda dos preços do petróleo e pelo movimento de realização de lucros das ações do setor financeiro. Diante do noticiário do dia escasso, mas com o mercado à espera de eventos importantes ao longo da semana, o índice alternou pequenas altas e baixas, e fechou em queda de 0,08%, aos 71.016 pontos. O volume de negócios ontem somou R$ 6,37 bilhões.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/582350-cautela-na-semana-leva-dolar-a-fechar-em-alta-de-0-30.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!