Jornal do Comércio >> CMN aprova resolução sobre empréstimos vedados às instituições financeiras

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou em reunião nesta segunda-feira, 28, resolução que aprimora a regulamentação do registro centralizado de ativos financeiros e valores mobiliários . A nova resolução permitirá ao Banco Central acesso a informações mais amplas e detalhadas sobre as transações financeiras realizadas no mercado doméstico.

A norma esclarece ainda os ativos financeiros que poderão ser registrados ou depositados no mercado financeiro, incluindo duplicatas mercantis e recebíveis de cartão de crédito. “Com isso, criam-se condições para que essas operações sejam realizadas de forma mais ágil, segura e eficiente, favorecendo em especial o segmento das micro e pequenas empresas”, afirmou nota do BC.

Também foi aprovada resolução que prevê empréstimos que são vedados a bancos, como empréstimos a administradores da instituição financeira ou cônjuges. As situações em que a proibição ocorre foram mantidas, mas, como a Medida Provisória 784/2017 determina que a competência para disciplinar essas situações é do CMN, foi necessária a aprovação de uma resolução do conselho regulamentando a questão.

Para a chefe do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central, Silvia Marques, a mudança dará mais agilidade para ajustar essas situações em que são vedados empréstimos à evolução do mercado, já que isso será feito pelo CMN, e não mais por lei que tem que ser mudada no Congresso Nacional.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/economia/582358-cmn-aprova-resolucao-sobre-emprestimos-vedados-as-instituicoes-financeiras.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!