Valor >> Justiça atende BNDESPar e barra voto dos Batista na assembleia da JBS

SÃO PAULO  –  A 8ª Vara Federal Cível de São Paulo concedeu liminar para a BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e para a Caixa Econômica Federal, impedindo a família Batista de votar na assembleia de acionistas da JBS que acontecerá amanhã. Os Batista vão recorrer, disse uma fonte.

A ação cautelar movida pela BNDESPar e pela Caixa foi distribuída ontem ao juiz da 8ª Vara Cível Federal de São Paulo. Na ação, os polos passivos são a própria JBS, a FB Participações, o Banco Original S/A e o Banco Original do Agronegócio. A J&F, holding da família Batista, detém 42,5% das ações da JBS por meio da FB Participações e do Banco Original.

A ofensiva judicial da BNDESPar ocorreu após o banco ter sido derrotado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última terça-feira. A autarquia que regula o mercado de capitais negou o pedido da BNDESPar de vetar a participação dos Batista na votação.

A BNDESPar entende que os Batista estão em conflito de interesse porque deverão deliberar se a JBS vai os processar judicialmente ou não por eventuais prejuízo provocados com a delação dos irmãos Wesley e Joesley Batista. Se a maioria aprovar o processo contra eles, Wesley seria afastado imediatamente da presidência da JBS.

Juntos, BNDESPar e Caixa têm cerca de 25% das ações da JBS. Como os Batista possuem mais de 40% da companhia de carnes, dificilmente eles perderiam se puderem votar.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/agro/5103174/justica-atende-bndespar-e-barra-voto-dos-batista-na-assembleia-da-jbs.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!