Jornal do Comércio >> Abad: PIB do 2º tri reforça previsão de 2º semestre mais consistente para varejo

A Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad) considerou o resultado do Produto Interno Bruto do segundo trimestre, com alta de 0,2%, “uma grata notícia”, que reforça a expectativa de um segundo semestre mais consistente para o comércio, mas a entidade mantém a vigilância para que as reformas prossigam.

“Com a inflação controlada, os juros menores e o taxa de desemprego em queda, as famílias se sentirão mais confiantes para retomar o consumo”, diz em nota o presidente da associação, Emerson Luiz Destro. Ainda de acordo com o dirigente, o resultado não aponta o fim “completo” da recessão, mas o início de uma recuperação econômica, que “tende a ser lenta e, por vezes, com números contraditórios”.

Destro ressaltou que é necessário que reformas estruturantes avancem e continuem progredindo no Congresso. “O Brasil novo depende de mudanças. O ajuste fiscal é inexorável. Temos de encontrar o caminho para viabilizar um Estado mais flexível e menos burocrático. A dificuldade de sustentação das despesas do governo é um problema histórico, que precisa de solução. É hora de tomar medidas corajosas e reativar de vez a economia.”

Em sua opinião, os empresários não se devem deixar imobilizar pelo excesso de cautela, e sim manter o planejamento de investimentos, buscando novos nichos para expandir operações e testando inovações, “que podem trazer diferenciais importantes para o futuro do negócio”.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/583368-abad-pib-do-2-tri-reforca-previsao-de-2-semestre-mais-consistente-para-varejo.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!