Valor >> J&F assina contrato de venda da Eldorado para Paper Excellence

SÃO PAULO  –  (Atualizada às 10h30) A J&F Investimentos, holding da família Batista, informou hoje que concluiu as negociações para venda do controle da produtora de celulose Eldorado Brasil à Paper Excellence (PE), empresa com sede na Holanda que pertence à família Widjaja, dona também da Asia Pulp and Paper (APP). O contrato assinado neste sábado prevê a transferência de até 100% das ações da companhia, por R$ 15 bilhões, em operação que será finalizada em até 12 meses.

Em nota à imprensa, as empresas não dão detalhes sobre a modelagem da transação. Em sua edição de quarta-feira, o Valor informou que, numa primeira etapa, a PE compraria uma fatia de 30% a 35% do capital da Eldorado. O restante das ações seria comprado em até um ano. Com a adesão dos fundos de pensão Petros e Funcef à operação, nessa primeira fase seriam vendidos os 34,45% da companhia detidos pelo FIP Florestal, que também tem a J&F como cotista, com 50,5% de participação. Caso as fundações não excercessem o direito de venda conjunta, a J&F venderia sua participação no FIP mais parte dos 63,6% que detém diretamente na Eldorado.

Com o acordo, os fundos de pensão Petros (da Petrobras) e Funcef (da Caixa Econômica Federal) têm 30 dias para decidir se vendem a participação que têm na Eldorado. 

J&F e PE informaram na nota que as negociações “atenderam aos interesses das partes”. A J&F ressalta a qualidade dos ativos que compõem a Eldorado e a Paper Excellence reafirma a estratégia de expandir suas operações, hoje concentradas no Canadá e na França, para outras regiões. O Brasil, indica a empresa, sempre esteve no radar por sua posição destacada na produção global de celulose. Com a aquisição da Eldorado, que produz cerca de 1,7 milhão de toneladas anualmente, a PE inlcui em seu portfólio a fibra de eucalipto.

A Eldorado informou, em fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que o contrato de venda das ações detidas pela J&F foi assinado com a CA Investment Brazil S.A.

A CA Investment é uma sociedade do grupo Paper Excellence. 

Conforme o documento, o valor total atribuído à companhia na transação de R$ 15 bilhões será “ajustado de acordo com capital de giro e dívida líquida”.

A Eldorado informou ainda que a operação observará os direitos dos fundos de pensão Petros e Funcef, previstos no acordo de acionistas firmado entre J&F e FIP Florestal, veículo de investimento das fundações na companhia.

A PE iniciou atividades em 2007, com uma fábrica no Canadá. Hoje, está apta a produzir 2,3 milhões de toneladas de celulose de fibra longa e pastas por ano em sete unidades fabris, cinco no Canadá e duas na França. Na nota, informa que seu objetivo é “tornar-se um dos líderes mundiais da indústria de celulose”, com expansão de capacidade por meio de aquisições e construção de novas fábricas.

Do lado da família Widjaja, as conversas com os irmãos Wesley e Joesley Batista foram lideradas por Jackson Wijaya, filho de Teguh Ganda Wijaya, presidente do conselho de administração da APP e do grupo Sinar Mars. Além de responder na família pelos negócios da PE, Jackson é o responsável, operacionalmente, pelos negócios da APP na China e nas áreas de celulose e tissue.

A PE conta com a assessoria do banco BTG Pactual e do escritório de advocacia Stocche Forbes. Já as negociações do lado da J&F são conduzidas pelos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/empresas/5104790/jf-assina-contrato-de-venda-da-eldorado-para-paper-excellence.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!