Jornal do Comércio >> Bolsas fecham sem direção única em Nova Iorque; Dow Jones renova máxima histórica

Os mercados acionários americanos fecharam sem direção única nesta quinta-feira (14), com o índice Dow Jones apoiado pelo setor de defesa, que subiu em meio a tensões geopolíticas envolvendo os Estados Unidos e a Coreia do Norte.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,20%, aos 22.203,48 pontos; o S&P 500 recuou 0,11%, aos 2.495,62 pontos; e o Nasdaq teve baixa de 0,48%, aos 6.429,08 pontos.

Flutuando entre pequenos ganhos e perdas durante a maior parte do dia, após duas sessões marcadas por recordes de fechamento, as ações deram margem a um movimento de realização de lucros, principalmente em papéis de tecnologia e de instituições financeiras. A Apple caiu 0,86%, o Facebook cedeu 1,21%, o J.P Morgan recuou 0,20% e o Wells Fargo perdeu 0,33%.

As tensões entre EUA e Coreia do Norte voltaram ao radar, após Pyongyang dizer que irá “afundar” o Japão e transformar os EUA em “cinzas e escuridão”. Nesta tarde, a rede de TV Fox News informou que funcionários de defesa americanos comentaram que o regime de Kim Jong-un prepara um novo lançamento de mísseis. Com a geopolítica de pano de fundo, papéis de defesa tiveram alta: a Boeing subiu 1,36%, a Raytheon avançou 0,47% e a Lockheed Martin ganhou 0,38%

“O mercado continua nas máximas históricas, mas há uma infinidade de desculpas para vender”, disse o gerente de portfólio da Manulife Asset Management, Michael Scanlon. “Até chegar a próxima temporada de balanços, os mercados podem realizar lucros.”

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/585760-bolsas-fecham-sem-direcao-unica-em-nova-iorque-dow-jones-renova-maxima-historica.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!