Jornal do Comércio >> Governo pretende elevar extensão de rodovias concedidas apenas para manutenção

O governo federal pretende elevar para 40 mil quilômetros a extensão total de rodovias federais concedidas, usando o novo modelo de concessão rodoviária, voltada apenas para a manutenção básica e recapeamento das vias, afirmou nesta quinta-feira o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério do Planejamento, Hailton Madureira de Almeida.

Segundo o secretário, hoje, são cerca de 10 mil quilômetros concedidos. O primeiro leilão no novo modelo poderá ser já em 2018. “Para isso, imaginamos a criação de uma câmara de compensação. Não é possível cobrar pedágio em 40 mil quilômetros”, disse Madureira, após participar de seminário promovido pela Associação Brasileira de Consultores de Engenharia (ABCE), no Rio.

A ideia da “câmara de compensação” é que o pedágio de trechos de baixa demanda seja coberto por aqueles com demanda maior. Segundo Madureira, o governo ainda contratará estudos para definir.

O secretário informou ainda que o governo vai contratar estudos para fazer a relicitação das concessões de rodovias que estão sendo devolvidas, no âmbito da nova lei criada para resolver empreendimentos com problemas. Madureira citou a devolução do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, e a BR-040, no trecho entre Juiz de Fora (MG) e Brasília, como exemplos de concessões devolvidas.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/585615-governo-pretende-elevar-extensao-de-rodovias-concedidas-apenas-para-manutencao.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!