Valor >> Ações da JBS encerram a semana com valorização acumulada de 8,06%

SÃO PAULO  –  Com mais uma valorização nesta sexta-feira (15), de 3,03%, as ações da JBS encerraram a semana mais turbulenta da história da empresa com alta acumulada de 8,06% na B3, segundo o Valor Data.

Os ganhos foram impulsionados basicamente pela expectativa de aceleração da profissionalização da gestão da companhia depois da prisão preventiva do CEO Wesley Batista, na quarta-feira (13). Maior acionista minoritário da JBS, o BNDES ampliou a pressão por mudanças urgentes e definitivas no comando da empresa.

Wesley foi detido no âmbito da segunda fase da Operação Tendão de Aquiles da Polícia Federal, que apura o uso de informações privilegiadas em operações financeiras realizadas pela empresa antes de virem à tona as delações premiadas de seus executivos, em meados de maio.

Também foi decretada a prisão preventiva de Joesley Batista, que já estava encarcerado temporariamente em Brasília por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), acusado de omitir informações em sua delação — vencido o prazo de cinco dias da prisão temporária, Joesley já passou a cumprir a prisão preventiva em São Paulo.

Com a alta semanal de 8,06% registrada, as ações da companhia passaram a apresentar valorização acumulada de 2,08% em setembro. Neste ano, contudo, a queda ainda é de 22,1%, e nos últimos 12 meses a retração chega a 25,76%.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/agro/5121566/acoes-da-jbs-encerram-semana-com-valorizacao-acumulada-de-806.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!