Valor >> CVM diz que investigações sobre JBS foram compartilhadas com MPF e PF

RIO  –  A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou nota nesta sexta-feira (15) na qual responde a matérias publicadas na imprensa que citam o pedido de prisão de acionistas e administradores da JBS por operações feitas no mercado futuro de dólar, sob acusação de uso de informação privilegiada. A autarquia ressaltou no comunicado que as investigações sobre as operações envolvendo a JBS foram iniciadas pela própria CVM e “prontamente compartilhadas” com Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal, “na forma da lei e dos acordos de cooperação com eles mantidos”.

A operação feita pela Polícia Federal ocorreu na quarta-feira (13) e nos pedidos de prisão feitos pela PF havia a afirmação de que os alvos da ação policial exerceriam influência na CVM.

“Em relação ao assunto, a CVM informa que a menção à autarquia no contexto dos pedidos de prisão é apenas um dos elementos que embasaram os pedidos de prisão preventiva da PF à Justiça Federal e decorre do conhecimento de notórios áudios envolvendo os administradores acima citados [da JBS]”, diz a nota divulgada pela autarquia, acrescentando que, nos áudios, foi mencionada uma suposta influência de tais administradores em diversas instituições públicas brasileiras, inclusive no âmbito de investigações criminais e processos judiciais.

A CVM ressaltou, ainda, que a cooperação interinstitucional no âmbito da Operação Tendão de Aquiles “vem sendo fundamental para os trabalhos em curso” e que a estreita coordenação entre as instituições de Estado envolvidas “vem oferecendo resultados positivos para a sociedade brasileira como um todo”.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/agro/5121538/cvm-diz-que-investigacoes-sobre-jbs-foram-compartilhadas-com-mpf-e-pf.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!