Jornal do Comércio >> Volta do consumo deve sustentar alta do PIB

A liberação dos recursos do FGTS ajudou, mas a volta do consumo das famílias veio para ficar e é o que deve sustentar o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nesta fase inicial da retomada. Movimento que vai aquecer a venda de produtos e serviços, em geral de menor valor agregado, mais rápido do que era esperado até o início do ano.

A expectativa é de que o nível de consumo das famílias retorne ao patamar de 2014 (último ano de crescimento) até 2019. Parece distante, mas o fato é que ninguém previa a retomada a esse patamar antes de 2020.

“Achávamos que a retomada seria liderada pelos investimentos, mas isso não vai acontecer, porque a ociosidade está elevada. O que vamos ver uma recuperação gradual com os investimentos das famílias à frente. O FGTS ajudou, mas temos, de fato, um aumento da renda disponível das famílias devido ao recuo da inflação, à queda dos juros e a uma tendência de alta da confiança (o emprego parou de piorar)”, explica Rodolfo Margato, economista do banco Santander.

O resultado é que as empresas dos segmentos mais beneficiados nesse processo são estimuladas a adotar estratégias mais pró-ativas: abertura de lojas, novos turnos de produção nas indústrias voltadas a bens de consumo e contratações são algumas das ações que devem ficar mais evidentes até o final do ano e, principalmente, no ano que vem.

O Santander projeta crescimento de 0,8% no consumo das famílias neste ano, acima da previsão para a expansão do PIB, de 0,7%. Para o ano que vem, a previsão é de que o consumo cresça 3,5% – número que não repõe o tombo de 8% acumulado entre 2015 e 2016.

Para Igor Velecico, economista do Bradesco, o medo do desemprego fez o consumidor se retrair muito a partir do final de 2015. “Isso é positivo, porque o consumo voltando passa aos empresários que as coisas não estão tão ruins e que, de fato, estamos saindo da recessão. A dúvida é o ritmo dessa retomada”, diz o economista.

 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/09/jornal-do-comercio-volta-do-consumo-deve-sustentar-alta-do-pib.br_conteudo/2017/09/economia/586070-volta-do-consumo-deve-sustentar-alta-do-pib.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!