Jornal do Comércio >> Otimismo com queda da inflação e Selic cresce e juros fecham em baixa

Os juros futuros fecharam a sessão regular em queda firme, tendo atingido as mínimas do dia a poucos minutos do encerramento dos negócios. Ao final da sessão regular, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2019 (251.015 contratos) fechou na mínima de 7,39%, de 7,46% no ajuste anterior, e a taxa do DI para janeiro de 2021 (194.430 contratos) fechou em 8,88%, perto da mínima de 8,87%, ante 8,94% no ajuste anterior.

A taxa do DI para janeiro de 2020 (255.590 contratos) recuou de 8,28% para 8,22%. A taxa do DI para janeiro de 2023 (43.025 contratos) terminou em 9,52%, de 9,59%.

Sem agenda de eventos e indicadores relevantes nesta terça-feira (19), as taxas estiveram em baixa durante todo o dia, embaladas pelo otimismo sobre a queda da inflação e da Selic, que deve resultar em revisões em baixa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) que o Banco Central publica na quinta-feira. No mesmo dia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai informar o IPCA-15 de setembro.

“Estamos desde ontem operando em cima do que pode sair do RTI, que é o grande evento da semana. Algumas casas já começam a monitorar o modelo do BC, que pode vir com inflação abaixo do que foi mostrado na ata”, afirmou o trader da Quantitas Asset Matheus Gallina.

No final da manhã, as taxas reduziram o recuo, se aproximando da estabilidade e a batendo máximas, em reação pontual à divulgação da pesquisa CNT/MDA, que mostrou que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria as eleições presidenciais em todos os cenários apresentados.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/586439-otimismo-com-queda-da-inflacao-e-selic-cresce-e-juros-fecham-em-baixa.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!