Jornal do Comércio >> Royalties de campos maduros devem cair até o final deste ano, diz ANP

Até o final deste ano a redução de royalties de campos maduros (em fim de produção) deve estar aprovada, informou o diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Décio Odone.

Em palestra na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Odone disse que reduzir royalties é fundamental para atrair investimentos e garantir o aumento de produção dos campos maduros do País, principalmente os localizados na Bacia de Campos, que está em franco declínio.

Na Bacia de Campos, 60% dos campos são considerados maduros. A região já respondeu por mais de 80% da produção nacional de petróleo e gás natural, e hoje está em torno dos 50%.

Odone destacou que, apesar de ser líder em tecnologia de águas profundas, a Petrobras não desenvolveu expertise na recuperação de campos maduros, o que poderá ser feito agora por outras empresas do setor.

“É difícil que uma empresa tenha a mesma excelência em todos os ciclos da indústria de petróleo. Ela (Petrobras) se especializou em águas profundas, é líder mundial de águas profundas, mas não é líder na recuperação de campos maduros, tem que reconhecer isso também”, avaliou.

O Brasil está bem atrás no ranking de recuperação de campos maduros, com média de 24% ante 35% do mundo. Na Noruega, por exemplo, esse fator é de 70%. “Precisamos que esta dinâmica seja incorporada na dinâmica do Brasil”, completou.

De acordo com Odone, se o Brasil elevasse o fator de recuperação de 24% para 30% seriam incorporados cerca de 6 bilhões de barris às reservas só por tecnologia, “sem a perfuração de nenhum poço extra”, disse. Para produzir cada bilhão de barris de petróleo ele prevê investimentos da ordem de R$ 26 bilhões e royalties de R$ 16 bilhões que incidiriam na produção adicional do campo.

“Essa discussão leva a uma redução de royalties até 5%, tem discussões também de como entraria um operador emergencial, no caso de um problema financeiro do operador, e também sobre se as reservas poderiam ser dadas como garantia”, explicou o executivo.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/586451-royalties-de-campos-maduros-devem-cair-ate-o-final-deste-ano-diz-anp.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!