Jornal do Comércio >> Diretor do Bndes confirma acordo para devolver R$ 50 bi ao Tesouro

Folhapress

O diretor da área financeira do Bndes, Carlos Thadeu de Freitas, confirmou nesta quinta-feira (21) acordo para devolver ao Tesouro R$ 50 bilhões este ano e disse que os valores restantes ainda estão em negociação e dependem da retomada da economia. Para minimizar o deficit fiscal, o governo solicitou ao banco a devolução de R$ 180 bilhões dos R$ 440 bilhões emprestados para a concessão de empréstimos subsidiados.

Freitas disse que R$ 33 bilhões serão transferidos ao Tesouro já na próxima semana. Os outros R$ 17 bilhões, só no mês que vem. “A demanda do governo é corretíssima, porque ele não pode mais emitir títulos para financiar o custeio”, comentou Freitas, em entrevista após a abertura do Fórum Nacional, no Rio.

Ele ressaltou, porem, que ainda não há definição para a transferência dos R$ 130 bilhões restantes. “É um valor que o Tesouro precisa e vamos tentar atendê-lo dentro do possível, de acordo com a capacidade do banco de emprestar”, disse ele.

O Bndes tem hoje R$ 170 bilhões em caixa e alega que pode ficar sem condições de atender à demanda por financiamento caso a economia volte a crescer. “O Bndes precisa de funding para emprestar no longo prazo”, defendeu o diretor do BNDES. Ele disse também que a necessidade do governo pelos recursos pode ser reduzida caso a arrecadação reaja em 2018.

Segundo Freitas, o Bndes analisa oportunidades de captação com bancos de fomento internacionais, como o banco dos Brics e o alemão KfW, como alternativa ao dinheiro do Tesouro. Além disso, o banco tenta convencer o governo a conceder parte das reservas internacionais como garantia para a tomada de financiamentos.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/09/jornal-do-comercio-diretor-do-bndes-confirma-acordo-para-devolver-r-50-bi-ao-tesouro.br_conteudo/2017/09/economia/586656-diretor-do-bndes-confirma-acordo-para-devolver-r-50-bi-ao-tesouro.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!