Jornal do Comércio >> Inadimplência com cheque atinge 1,82%, menor nível para agosto em 7 anos

O volume de cheques devolvidos pela segunda vez por falta de fundo no País diminuiu no oitavo mês deste ano. De acordo com a Sereasa Experian, o porcentual foi de 1,82% em agosto em relação ao mesmo mês de 2016, quando fora de 2,18%. O resultado é o menor já registrado neste ano e também o mais baixo para o mês desde 2010 (1,62%).

Segundo os economistas da instituição, a recuperação da renda real da população com a queda da inflação e com a retomada da geração de empregos formais, tem devolvido a capacidade de pagamento das dívidas aos consumidores, reduzindo os níveis de inadimplência com cheques.

De janeiro a agosto, a porcentagem de cheques devolvidos em relação aos documentos compensados foi de 2,06%, menor que a devolução de 2,36% apurada no mesmo período de 2016. Também neste caso, é o resultado mais baixo para o período desde 2013, quando foi de 2,05%.

No oitavo mês de 2017, foram 768.271 cheques devolvidos e 42.243.134 cheques compensados. O mesmo período do ano anterior totalizou 1.101.093 cheques devolvidos e 50.602.130 cheques compensados. No acumulado do ano, de janeiro a agosto, foram 6.886.594 cheques devolvidos e 333.510.176 compensados.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/586928-inadimplencia-com-cheque-atinge-1-82–menor-nivel-para-agosto-em-7-anos.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!