Jornal do Comércio >> Medidas do governo do Brasil devem reduzir receitas do Bndes, diz Fitch

A Fitch afirmou nesta sexta-feira que as medidas pelo governo do Brasil devem reduzir as receitas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes). O comentário da agência é feito no mesmo dia em que o presidente Michel Temer sancionou, sem vetos, a lei que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP), que substituirá a partir de 1º de janeiro a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) nos financiamentos concedidos pela instituição.

Na argumentação do governo, a TLP possibilitará a redução de subsídios implícitos do Tesouro a empréstimos do banco de fomento. Segundo a Fitch, as medidas devem minar mais a capacidade do Bndes de conceder empréstimos em 2018. “Contudo, conforme a economia se recupera, o Bndes pode encontrar maneiras alternativas para continuar a exercer seu papel de desenvolvimento no Brasil”, avalia ela.

A Fitch avalia que a fatia de mercado do Bndes deve recuar gradualmente, durante o período de transição de cinco anos para a implementação da TLP. Segundo ela, embora controversa, a TLP pode apoiar as receitas do banco no longo prazo, porém a rentabilidade do Bndes poderia ser pressionada por empréstimos menores por causa das mudanças estruturais no perfil de financiamento do banco.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/586935-medidas-do-governo-do-brasil-devem-reduzir-receitas-do-bndes-diz-fitch.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!