Jornal do Comércio >> Aneel aprova reajuste médio de 21,60% nas tarifas da Ceal

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (26), um reajuste médio de 21,60% nas tarifas da Ceal. Para consumidores conectados à alta tensão, como indústrias, o aumento será de 23,36%, e para a baixa tensão, como residências, a alta será de 20,76%. As novas tarifas vigoram a partir de 28 de setembro.

A Ceal atende a 1,1 milhão de unidades consumidoras em Alagoas. A empresa pertencia à Eletrobras, que optou por não renovar a concessão de suas distribuidoras. Apesar disso, a Eletrobras continua a administrar as concessionárias até que elas sejam privatizadas.

O reajuste aprovado é elevado porque os indicadores de custos operacionais e perdas não-técnicas (gatos) da empresa foram flexibilizados. Para o governo, essa é a única forma de reequilibrar os custos da concessionária e atrair investidores para a privatização.

Na licitação da distribuidora, vencerá o investidor que oferecer o maior desconto sobre esse aumento tarifário de 21,60%. O leilão deveria ocorrer até 31 de dezembro deste ano, mas pode ficar para o primeiro trimestre de 2018.

No lugar de bônus de outorga, o critério do leilão das distribuidoras será a menor tarifa. A decisão foi tomada porque essas empresas não têm valor de mercado e não renderiam recursos para o Tesouro Nacional em razão de anos de má administração, custos elevados e baixa eficiência.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/587614-aneel-aprova-reajuste-medio-de-21-60-nas-tarifas-da-ceal.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!