Jornal do Comércio >> Dólar sobe com exterior em meio a fator técnico

O dólar opera em alta nesta quarta-feira (27) desde a abertura da sessão, influenciado pela valorização da moeda norte-americana e dos juros dos Treasuries em meio à perspectiva de um novo aperto monetário nos Estados Unidos em dezembro, além do anúncio de um plano de reforma tributária pelo governo de Donald Trump hoje à tarde.

Os agentes de câmbio estão à espera ainda dos leilões de hidrelétricas que pertenciam à Cemig – Miranda, Jaguara, São Simão e Volta Grande – na B3, a partir das 10h, e já monitoram o início das ofertas de áreas de petróleo e gás no Rio, segundo operadores do mercado.

Com a proximidade do fim de setembro, investidores que carregam posições cambiais já começam a intensificar as rolagens de contratos. Aparentemente, até o momento, predominou a atuação dos comprados, que apostaram no fortalecimento da moeda americana.

No fim da manhã, o Banco Central fará um leilão de até 12 mil contratos de swap cambial tradicional (US$ 600 milhões), com o objetivo de rolagem de contratos que vencem em 2 de outubro de 2017.

Às 9h42min desta quarta, o dólar à vista subia 0,70%, aos R$ 3,1895, enquanto o dólar futuro para outubro avançava 0,69 neste mesmo horário, aos R$ 3,190.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/09/economia/587697-dolar-sobe-com-exterior-em-meio-a-fator-tecnico.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!