Jornal do Comércio >> Confiança do comércio sobe 6,8 pontos em setembro

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) avançou 6,8 pontos na passagem de agosto para setembro, para 89,2 pontos, informou ontem a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador retorna a um patamar semelhante ao de abril, quando estava em 89,1 pontos, após quatro meses de quedas consecutivas.

Segundo a FGV, a redução da confiança registrada nos meses anteriores vinha refletindo o aumento da incerteza com o agravamento da crise política em maio, diante da delação do empresário Joesley Batista, sócio da JBS; e, mais recentemente, a preocupação com a sustentação das vendas após o fim do período de liberação de recursos inativos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“O bom resultado de setembro mostra que este momento já passou, e o setor retoma a tendência de alta da confiança que vinha apresentando nos primeiros meses do ano”, avaliou Aloisio Campelo, superintendente de Estatísticas Públicas do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

A alta do Icom em setembro ocorreu de forma disseminada entre os 13 segmentos pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 6,5 pontos, para 83,9 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) avançou 7,0 pontos, para 95,1 pontos.

“O resultado de setembro sugere a retomada da tendência de alta virtuosa da confiança com melhora gradual da percepção sobre a situação presente e otimismo moderado em relação aos meses seguintes”, completou Campelo.

A coleta de dados foi realizada entre os dias 1 e 25 do mês e obteve informações de 1.166 empresas.

 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/09/jornal-do-comercio-confianca-do-comercio-sobe-68-pontos-em-setembro.br_conteudo/2017/09/economia/587832-confianca-do-comercio-sobe-6-8-pontos-em-setembro.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!