Jornal do Comércio >> Sartori defende em Brasília instalação de térmica de Rio Grande

O governador José Ivo Sartori está em Brasília, nesta quarta-feira, para cumprir agendas relativas ao projeto de instalação da termelétrica de Rio Grande, na região Sul. A unidade deveria entrar em funcionamento até 2021, mas a outorga de autorização da usina foi revogada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A primeira audiência é com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, às 11h. Depois, às 14h15min, será recebido pelos diretores da Aneel, Romeu Donizete Rufino e André Nóbrega.

Já está em processo de análise um recurso encaminhado à agência pelos empreendedores (a gaúcha Bolognesi, que está repassando o controle do complexo para a norte-americana New Fortress Energy) pedindo que a revogação seja reconsiderada.

Contratada em leilão de energia de 2014, a termelétrica deveria entrar em operação em 2019 sob a gestão da Bolognesi. A empresa, no entanto, enfrentou dificuldades para tocar o projeto com a escalada do dólar e o agravamento da crise financeira no País. O prazo foi prorrogado até 2021 e a Bolognesi tinha até agosto deste ano para encontrar uma maneira de viabilizar o negócio. Com o fim do prazo, a empresa pediu extensão à Aneel e assinou, em setembro, acordo de venda com à norte-americana New Fortress Energy, mas a agência decidiu revogar a outorga de autorização.

A usina é planejada para uma capacidade instalada de 1.238 MW – o que corresponde em torno de um terço da demanda elétrica do Rio Grande do Sul. O complexo prevê ainda a implantação de um terminal de Gás Natural Liquefeito (GNL). Somadas, as estruturas absorveriam um investimento de mais de R$ 3 bilhões.

Conforme o executivo Marco Tavares, da companhia Gas Energy, que representou a empresa norte-americana no projeto, a decisão de dar prioridade à questão deve-se também a um estudo que aponta que, até 2030, o gás importado não será suficiente para abastecer o mercado brasileiro.

 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-sartori-defende-em-brasilia-instalacao-de-termica-de-rio-grande.br_conteudo/2017/10/economia/593987-sartori-defende-em-brasilia-instalacao-de-termica-de-rio-grande.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!