Jornal do Comércio >> Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com balanços em destaque

As praças europeias fecharam sem direção única nesta sexta-feira (3), com alguns resultados corporativos em foco, em um dia com poucos indicadores importantes. Além disso, os sinais da economia dos Estados Unidos estiveram no radar. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em 0,31%, em 396,16 pontos, e na semana avançou 0,69%.

Novamente, balanços concentraram as atenções durante o pregão. O Société Générale, por exemplo, informou que seu lucro líquido recuou 15% no terceiro trimestre, na comparação com igual período de 2016, com queda também na receita. A ação caiu 4,04% em Paris. Já a da Renault teve ganho de 3,98%, após o governo da França informar que reduzirá sua participação na montadora dos atuais 19,73% para 15%. A Renault anunciou que recomprará 10% dessas ações para oferecê-los a seus funcionários.

Na agenda de indicadores, o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido subiu de 53,6 em setembro a 55,6 em outubro, segundo a IHS Markit. Analistas previam queda a 53,4.

Nos EUA, ainda repercutiam duas notícias de ontem: o presidente Donald Trump indicou Jerome Powell, atual diretor do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), para o comando da instituição, e os republicanos apresentaram seu projeto de reforma tributária. Agora, investidores esperam para ver quanto do corte de impostos prometidos pela Casa Branca se concretizará.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE-100 fechou em alta de 0,07%, em 7.560,35 pontos, e na semana subiu 0,74%. O papel da petroleira BP recuou 0,25% e o do Royal Bank of Scotland cedeu 1,14%, mas a Shell avançou 0,04%.

Em Frankfurt, o índice DAX avançou 0,28%, a 13.478,86 pontos, com ganho semanal de 1,98%. Bayer avançou 1,40%. Na Bolsa de Paris, o índice CAC-40 teve alta de 0,14%, em 5.517,97 pontos, e na semana subiu 0,43%.

O FTSE-MIB, da Bolsa de Milão, teve baixa de 0,14%, a 23.014,13 pontos, mas na semana avançou 1,54%. Fiat subiu 2,42%. Na Bolsa de Madri, o índice IBEX-35 caiu 0,96%, a 10.357,80 pontos, e na semana teve ganho de 1,57%. Entre os bancos, Santander caiu 1,87%.

Em Lisboa, o índice PSI-20 caiu 1,44%, a 5.368,64 pontos, e na semana recuou 0,74%.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-bolsas-da-europa-fecham-sem-sinal-unico-com-balancos-em-destaque.br_conteudo/2017/11/economia/594480-bolsas-da-europa-fecham-sem-sinal-unico-com-balancos-em-destaque.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!