Jornal do Comércio >> Déficit comercial dos EUA sobe a US$ 43,5 bilhões em setembro, como previsto

O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou 1,7% em setembro ante o mês anterior, para o valor sazonalmente ajustado de US$ 43,5 bilhões. O resultado veio em linha com a previsão dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

As importações aumentaram 1,2% no mês de setembro, enquanto as exportações cresceram 1,1% ante agosto. As importações atingiram em setembro o patamar mais alto em oito meses, enquanto as importações excluindo-se o setor de petróleo ficaram no patamar mais forte desde março de 2015.

As exportações de bens e serviços atingiram o patamar mais alto desde dezembro de 2014, mas ainda assim cresceram a um ritmo mais lento que as importações, o que levou ao aumento do déficit.

O avanço sólido tanto das importações quanto das exportações durante o mês de setembro poderia refletir o fato de que alguns embarques foram atrasados na costa do Golfo por causa do furacão Harvey, que atingiu a região no fim de agosto. O Departamento do Comércio disse que os furacões Harvey, Irma e Maria de fato afetaram o comércio, mas apontou que é difícil isolar esse fator.

O déficit comercial de agosto foi revisado a US$ 42,77 bilhões, de US$ 42,4 bilhões anteriormente calculados.

Nos primeiros nove meses do ano, as importações dos EUA aumentaram 6,3% em valor e as exportações cresceram 5,6%, na comparação com igual período do ano passado. O déficit comercial geral cresceu 9,3%.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-deficit-comercial-dos-eua-sobe-a-us-435-bilhoes-em-setembro-como-previsto.br_conteudo/2017/11/economia/594431-deficit-comercial-dos-eua-sobe-a-us-43-5-bilhoes-em-setembro-como-previsto.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!