Jornal do Comércio >> Dólar oscila diante de dados, mas se firma em alta ante rivais

O dólar passou o dia oscilando entre perdas e ganhos, reagindo a cada indicador sobre a economia dos Estados Unidos, mas chegou ao fim do dia perto da estabilidade em relação ao iene.

Ao final da tarde em Nova Iorque, um dólar valia 114,10 ienes, de 114,08 ienes de ontem. Ante o euro, a valorização do dólar foi bem maior, com a moeda comum recuando para US$ 1,1610, de US$ 1,1664 ontem.

O dólar começou o dia em queda, com os investidores à espera do relatório de emprego (payroll) de outubro. Após o dado revelar geração de vagas abaixo da expectativa de analistas, o dólar bateu mínimas ante iene e euro. O país criou 261 mil vagas em outubro, abaixo da previsão de 315 mil dos analistas, mas houve revisões positivas em meses anteriores.

Pouco tempo depois, o sinal se inverteu e o dólar passou a subir ante iene e euro. O motivo foram dois dados considerados ótimos para a economia dos EUA: encomendas à indústria e índice dos gerentes de compras (PMI) do setor de serviços. Ambos subiram acima das previsões de analistas e deram impulso à moeda americana.

Além disso, os investidores também voltaram a digerir os principais pontos da reforma tributária apresentada ontem por deputados republicanos. Alguns participantes dos mercados acreditam que o projeto, se aprovado, pode estimular a economia e dar novo impulso ao dólar.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-dolar-oscila-diante-de-dados-mas-se-firma-em-alta-ante-rivais.br_conteudo/2017/11/economia/594555-dolar-oscila-diante-de-dados-mas-se-firma-em-alta-ante-rivais.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!