Jornal do Comércio >> Mercado Livre tem lucro menor, mas receita líquida cresce 60,6% no trimestre

A empresa de comércio eletrônico Mercado Livre divulgou na noite dessa quinta-feira (1º), lucro líquido de US$ 27,7 milhões de julho a setembro, uma queda de 28,8% ante o número obtido no mesmo período de 2016, de US$ 38,9 milhões.

A receita líquida, no entanto, foi de US$ 370,7 milhões no terceiro trimestre, um crescimento de 60,6% em relação a igual intervalo do ano passado. Apesar de o crescimento da receita ser um fator comum em todos os países onde o Mercado Livre atua, alguns players se destacaram nesse terceiro trimestre: o Brasil registrou expansão de 71%, a Argentina, de 51%, o México, 82%, a Colômbia, 42%, o Chile, 45%, e Uruguai, 91%. Os compradores únicos aumentaram em 31,1% em relação ao ano anterior, impulsionados pelo desempenho de Brasil e México.

No Brasil, a receita líquida de julho a setembro foi de US$ 229,475 milhões, ante US$ 131,003 em igual intervalo de 2016.

O lucro bruto do Mercado Livre foi de US$ 175,8 milhões, com uma margem de crescimento de 47,4%, contra 63,1% no terceiro trimestre do ano interior. Essa diminuição é atribuída ao aumento nos custos de fornecimento de frete grátis. Além desse ponto específico, outro motivador para a desaceleração do crescimento foram as despesas operacionais totais, de US$ 148,3 milhões, um aumento de 61,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O volume bruto de mercadorias superou a marca de US$ 3 bilhões pela primeira vez, atingindo US$ 3,075 bilhões.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-mercado-livre-tem-lucro-menor-mas-receita-liquida-cresce-606-no-trimestre.br_conteudo/2017/11/economia/594538-mercado-livre-tem-lucro-menor-mas-receita-liquida-cresce-60-6-no-trimestre.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!