Jornal do Comércio >> Ferramenta facilita relação entre pais e educadores

Cerca de 500 mil usuários no Brasil, entre alunos, educadores e responsáveis, já estão utilizando a Agenda Edu, uma solução de agenda digital escolar criada pela startup cearense de mesmo nome.

A ferramenta faz a gestão da comunicação e do engajamento dentro dos ambientais educacionais. A ideia surgiu diante da dificuldade que um dos sócios da startup tinha de administrar a rotina dos eventos escolares da filha – o que já o fez esquecer de levá-la fantasiada em dia de festa e colocar o uniforme quando não tinha aula. “Os pais mudaram e as escolas também. A comunicação digital otimiza e potencializa o engajamento”, afirma o CEO da operação e um dos quatro sócios da startup, Anderson de Morais.

A Agenda Edu está presente em mais de 1 mil instituições em todo o Brasil. Agora, coloca tudo na palma da mão dos pais, alunos e educadores. Desde comunicados da escola, eventos, atividades, resumo diário do aluno, até compartilhamento de fotos. Além disso, é possível acompanhar quantas pessoas aderiram à agenda e quantos responsáveis visualizaram, confirmaram e assinaram digitalmente as informações.

Quando a startup chegou ao mercado, em 2014, o foco era o atendimento das escolas com crianças de zero a seis anos. A ferramenta se chamava Agenda Kids. Com o tempo, as instituições de ensino começaram a demandar que a ferramenta atendesse também ao Ensino Fundamental e básico. Foi então que houve o lançamento da Agenda Teen.

Em 2017, veio a decisão de reunir todos os produtos em uma única marca, a Agenda Edu. “Foi uma forma de traduzir o nosso escopo de gestão do ambiente educacional. Queremos ajudar a escola em sua comunicação diária e melhorar o engajamento escolar”, conta Morais.

Em 2018, a plataforma terá novos lançamentos voltados a impactar ainda mais diretamente o engajamento de alunos e responsáveis com as escolas. Além disso, a empresa lançará sua nova sede em São Paulo, a fim de comportar o crescimento do time e também dará início a sua atuação internacional. “Esse momento é um recomeço, visto que são novos desafios a cumprir, novos horizontes, uma nova abordagem para nossos usuários”, aponta Morais.

 

A partir de novembro, Florianópolis passa a contar com um laboratório inédito no País para uso de dados e tecnologias exponenciais para solução de problemas da sociedade. O espaço será operacionalizado pela ONG Social Good Brasil, e vai funcionar no Sapiens Parque, no Norte da ilha.

O projeto foi lançado durante a 6ª edição do Festival Social Good Brasil, que reuniu cerca de mil pessoas no Centro de Inovação Acate Primavera, em Florianópolis. O evento é realizado pelo Social Good Brasil, organização que conecta e apoia indivíduos e organizações para o uso das tecnologias e do comportamento inovador para a solução de problemas da sociedade.

Diversos parceiros como IBM, Neoway, Resultados Digitais, Exosphere, Data Science Brigade, entre outros, vão fornecer as ferramentas para auxiliar no desenvolvimento de projetos sociais utilizando tecnologias exponenciais como Data Analytics, Big Data, Machine Learning e automação de processos.

“A grande questão do momento para a inovação social é a forma como podemos utilizar esta nova onda de tecnologias emergentes para gerar um impacto positivo de maneira exponencial”, comenta a coordenadora do Social Good Brasil, Carolina de Andrade.

A inspiração é o projeto Data for Good, idealizado pelo norte-americano Andrew Means e que funciona como uma comunidade global composta por centenas de profissionais ligados a projetos sociais que estudam e aplicam dados públicos em projetos de impacto em suas comunidades.

Means esteve em Florianópolis para fazer o painel de abertura do Festival Social Good Brasil e mostrou como a tecnologia pode ser benéfica para iniciativas sociais “Usando dados, podemos por exemplo fazer um monitoramento mais inteligente na agricultura e melhorar a coordenação de serviços entre entidades sociais, compartilhando dados e informações”, comenta.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/11/economia/594194-ferramenta-facilita-relacao-entre-pais-e-educadores.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!