Valor >> Ibovespa sobe com Vale e BB Seguridade e dólar está abaixo de R$ 3,29

SÃO PAULO  –  Em dia de bolsas no exterior com movimento positivo, o Ibovespa tenta sustentar nesta segunda-feira o patamar de 74 mil pontos, com Vale, Eletrobras e BB Seguridade colaborando para os ganhos do dia, enquanto a falta de novidades no cenário doméstico brasileiro e, mais especificamente, o Banco do Brasil (BB) pressionam o índice e limitam os ganhos.

Às 13h30, o Ibovespa subia 0,39%, aos 74.207 pontos, depois de tocar a máxima de 74.400 pontos e a mínima de 73.830 pontos por ora. 

O destaque do dia estava com o movimento de Vale ON (+2,18%), depois que o minério de ferro avançou quase 6% no porto chinês de Qingdao. Em dia de petróleo renovando máximas em dois anos, Petrobras PN ganhava 1,18% e o papel ON avançava 0,96%.

O movimento é positivo também para as siderúrgicas, com destaque para Usiminas PNA (+4,19) e CSN (+2,51). Além delas, operavam com valorização Eletrobras ON (+3,20%) e Eletrobras PNB (+2,90%), ainda observando cada passo rumo à privatização da companhia.

Após publicar o balanço do terceiro trimestre, BB Seguridade (+3,26%) continua entre as principais altas do dia. A avaliação geral é que o balanço da companhia cumpriu as metas estabelecidas, em um momento de preocupação quanto ao resultado financeiro — boa parte do lucro das seguradoras vem de operações financeiras realizadas com títulos públicos indexados à taxa básica de juros.

Na ponta negativa, porém, as ações do Banco do Brasil perdiam 1,14%, em meio a receios sobre a possível devolução de recursos ao Tesouro Nacional emprestados no passado a bancos públicos, conforme noticiou o Valor.

“É o tipo de informação que pode prejudicar bastante o banco, então vejo na notícia um impulso para sair do papel”, afirma um operador.

Câmbio

Ao lado dos principais emergentes, a moeda brasileira registra um dos melhores desempenhos da sessão desta segunda-feira. O sinal vem com uma correção à forte alta do dólar na semana passada, mas não reduz o risco de que o câmbio local caminha para um novo patamar de negociação, mais depreciado.

Ajudadas pela valorização das commodities, as divisas emergentes figuram hoje nas primeiras colocações numa lista de 33 papéis globais. 

O pano de fundo diz respeito às incertezas na política brasileira, incluindo a força do governo para avançar com a reforma da Previdência e a disputa eleitoral de 2018. O principal fator de reposicionamento é o exterior e o risco de um aperto monetário mais duro nos Estados Unidos. Mesmo com a expectativa de que será mantida a política gradualista do Federal Reserve (Fed, banco central americano) com a chegada de Jerome Powell para a presidência da instituição, a economia vem ganhando tração e a aceleração inflacionária pode vir em seguida.

Às 13h37, o dólar comercial caía 0,75%, cotado a R$ 3,2816, tendo recuado até R$ 3,2736 na mínima do dia.

O contrato futuro para dezembro, por sua vez, cedia 1,16%, a R$ 3,2885.

Juros

Com o ambiente externo mais ameno, os juros futuros operam em baixa desde o início dos negócios desta segunda-feira. O comportamento das taxas é atribuído em boa parte a uma correção, somado à alta das commodities, após a onda de venda de ativos de emergentes na semana passada.

O ajuste contribui para reduzir o prêmio embutido ao longo da curva dos contratos de Depósitos Interfinanceiros (DIs). Por outro lado, os vencimentos mais curtos dos DIs – que refletem as apostas para a política monetária – têm uma movimentação menor. O comportamento das taxas nesses trechos sinaliza expectativas ancoradas para o atual ciclo de corte da Selic. Hoje, inclusive, as projeções do Top 5 de médio prazo para a Selic no fim de 2018 caíram para 6,5%, ante 7% na leitura anterior.

Por volta das 13h40, o DI janeiro/2019 era negociado a 7,290% (7,300% no ajuste anterior).

Já o DI janeiro/2020 recuava a 8,480% (8,540% no ajuste anterior) e DI janeiro/2021 cedia a 9,290% (9,410% no ajuste anterior).

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5183421/ibovespa-sobe-com-vale-e-bb-seguridade-e-dolar-esta-abaixo-de-r-329.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!